O que é e qual é a diferença entre Front-End e Back-End? Descubra!

Além do básico do sistema de grid responsivo, a documentação aborda a estilização de elementos de formulário, criação de modal boxes, tooltips e muito mais. Adicionalmente, o Bootstrap permite a personalização e extensão dos estilos padrões por meio do pré-processador Sass, possibilitando a alteração de cores, tipografia, espaçamentos, entre outros. O Bootstrap funciona corretamente nos principais navegadores do mercado (Chrome, Firefox, Safari, Opera, IE9+). Principal linguagem utilizada no desenvolvimento back-end hoje em dia, por isso, é importante ter um bom domínio de JavaScript e Node.js.

o'que é back end e front end

Ele também possui um vasto ecossistema de módulos e bibliotecas disponíveis para facilitar o desenvolvimento de aplicações. O JavaScript e o Node.js são tecnologias fundamentais no desenvolvimento de aplicações em muitas empresas de tecnologia. O desenvolvimento de front-end requer não apenas conhecimento em HTML e CSS para estruturar e estilizar as páginas, mas também habilidade em JavaScript para adicionar interatividade, funcionalidade e animações às páginas. Um bom exemplo de como o back-end funciona na prática é o login em uma rede social.

Competências profissionais

O designer deve trabalhar com o desenho da interface, layout e, para isso, utiliza como ferramenta principal o Photoshop. Para transformar isso em diferentes layouts, basta alterar algumas regras CSS. Para começar a utilizar o Bootstrap em um projeto, é necessário acessar o site oficial do Bootstrap e copiar os links para as folhas de estilo CSS e JavaScript. Em seguida, esses links devem ser inseridos dentro da tag do documento HTML. Além disso, a classe .container pode ser adicionada a um elemento para centralizar o conteúdo horizontalmente.

o'que é back end e front end

Nesse
caso, você vai criar códigos para manipular o banco de dados onde os dados do
software ficam salvos. Descubra como o CSS pode transformar a aparência de um site, criando interfaces web visualmente atraentes e consistentes. Conheça a importância do CSS na construção de layouts diversificados e a necessidade de dominar o HTML e o CSS para desenvolvedores front-end. Como você aprendeu, o front end é uma área importante e interessante da programação, que envolve criatividade e técnica. Aprender front end pode abrir muitas oportunidades profissionais e pessoais.

Tendências Futuras no Desenvolvimento Back-End

É um mercado com ótimas oportunidades profissionais e que vale a pena investir se você curte essa área. Como o próprio nome sugere, vem da ideia daquilo que tem por trás de uma aplicação. Front End ou Back End developer são termos para diferenciar onde uma pessoa que programa acaba se especializando.

Os desenvolvedores de front-end e back-end se completam na maioria dos casos. Se faz indispensável saber o papel que cada um desempenha ou pode desempenhar. De todas as maneiras, no fim das contas, vemos que os donos de negócio que tocam as suas ações de marketing precisam ter, pelo menos, um mínimo de conhecimentos sobre programação. E se o visual do seu site não estiver de acordo com Curso de desenvolvimento web: back-end x front-end, qual escolher? a linha visual da sua empresa, a quem você deve recorrer? Afinal, como empreendedor, você não precisa saber programar uma linha de código, mas a quem cobrará se o código do seu site não estiver limpo? Por mais que os trabalhos referentes às adequações de front-end e back-end não fiquem por conta do dono da empresa, apontamos aqui por que ele precisa conhecer cada uma delas mesmo assim.

Como testar um AWS Lambda na sua máquina com Python e Localstack

O profissional Full Stack é aquele que se especializa tanto com front-end como back-end de uma aplicação. Podemos considerar como linguagens baixo nível aquelas que se aproximam mais da linguagem de máquina. Em uma comparação grosseira, poderíamos dizer que o servidor é como um cozinheiro. O cliente faz seu pedido para o garçom //www.pragmatismopolitico.com.br/2024/01/curso-desenvolvimento-web-meses-alavancar-carreira.html (protocolo de comunicação), que o encaminha para a cozinha e repassa esse pedido ao cozinheiro. O cozinheiro então realiza todo o processo de preparação do prato e entrega ao garçom, que leva o pedido até a mesa do cliente. Veja na Figura 7 um exemplo de página web criada apenas com marcação de texto e estilização.

Abaixo, listarei os principais conhecimentos que um desenvolvedor(a) back-end deve ter em seu currículo. Quando falamos em desenvolvimento de software, é comum que os mais leigos imaginem que uma aplicação é programada por apenas um profissional que é capacitado a estruturá-la em todos os seus pormenores. Um curso especializado de desenvolvimento pode ajudar a decidir para qual lado sua personalidade pende mais, afinal, você poderá ver na prática um pouco de cada tecnologia e suas aplicações. Antes de prosseguir, aproveite e faça o download do material sobre Profissões do Futuro.

O back-end também é visto por alguns empreendedores como “o trabalho do programador”, pois é a parte do site que o usuário não vê, mas que o mantém funcional. Ou seja, ele envolve tudo que as pessoas que visitam o seu site podem ver e interagir. Basicamente, o front-end refere-se ao que você vê quando acessa um site e o back-end se relaciona ao que fica por trás das cortinas, isto é, a programação que compõe todos os elementos do site. Ainda que pareçam termos de programação (e são), eles são muito importantes para a sua gestão de Marketing Digital.

  • E, mesmo com essa familiaridade toda, as diferenças das plataformas ainda sim separam os profissionais que mexem com sites e aplicativos em duas linhas diferentes.
  • Aos profissionais que são especializados nestas duas frentes de programação, damos o nome de desenvolvedor(a) full stack.
  • Entender conceitos fundamentais de programação pode ser de grande ajuda para a sua estratégia.
  • A biblioteca de soluções para desenvolvimento de aplicativos e DevOps também conta com várias soluções para seus desafios de desenvolvimento de aplicativos.